Misturando rap com maracatu, a MC Pacha Ana lança seu mais novo single ‘Omo Oyá’

Pacha Ana é uma MC, cantora, compositora, MC de batalhas, slammer e poetisa mato-grossense, foi semifinalista na Copa Brasileira de Poesia – SlamBR 2017, realizado em São Paulo. nascida em Rondonópolis, reside atualmente em Cuiabá (MT), onde junto com outras mulheres promove batalhas de rap’s femininas, incentivando a inserção de mulheres na cultura Hip-Hop. Seu nome artístico (Pacha) é derivado do Quechua, a língua antiga dos povos Incas e Pré Incas que significa “mundo” ou “universo”.

Omo Oyá” (do Yorubá, filha de Iansã), lançado nesta segunda-feira (06), é o nome do single que também dá título ao primeiro álbum da MC. Em 2017 a MC foi contemplada com o edital da Secretaria de Cultura de Cuiabá que viabilizou seu atual projeto, o disco “Omo Oyá”, tem o lançamento previsto para agosto desse ano.

Pacha Ana

Gravado na primeira quinzena de junho, em Jaciara, interior de Mato Grosso, o clipe é uma produção realizada de forma independente, em parceria com duas produtoras (Indriya e Cerberos filmes), um coletivo audiovisual (Coletivo Rio Vermelho), além da colaboração de amigos.

Numa mistura de rap com Maracatu, a narrativa trata sobre as experiências da MC na cena atual do Hip Hop, após uma relação abusiva de trabalho, fato recorrente entre várias artistas na área: a dificuldade de ser mulher num espaço predominante masculino. Além disso “Omo Oyá” é um canto afirmativo, um resgate à identidade das religiões de matriz africana.

A produção é assinada por Ahgave (MT) e Eazy CDA (BH), Eduardo Botelho comanda as percussões, e a captação da música foi feita na capital Cuiabá.

Assista agora o clipe “Omo Oyá” da MC Pacha Ana:

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.