As Citações Musicais de Djonga em “O Menino Que Queria Ser Deus”

foto @1993agosto

Estamos quase na metade do primeiro mês do segundo semestre de 2018, e os lançamentos não param! Já tem seu álbum, ou mixtape, favorito?! Seja no RapBr ou gringo, este ano já nos presenteou com belos trabalhos.

Um que com toda certeza é Top 3 de 2018 é “O Menino Que Queria Ser Deus“, de Djonga. Em alguns sons desse disco o mc cita nomes e/ou frases de músicas de outros artistas. Você conhece todas as referências que Djonga cita? Se não conhece, vai conhecer agora.

Resultado de imagem para djonga o menino que queria ser deus

Em Junho de 94, Djonga cita três clássicos da banda Legião Urbana na mesma rima:

“Hoje eu acordei meio Renato Russo
Querendo recuperar o tempo perdido
Ela diz que ainda é cedo pra chorar
O mundo tá tão complicado pra esses pais e filhos”

Na mesma faixa, no último verso antes da batida mudar, Djonga faz referência à música “A Amizade” do grupo de samba Fundo de Quintal.

“…E agora ninguém vai chorar meu choro
Mas até quem eu não conheço quer sorrir o meu sorriso”

Na letra original do compositor Djalma Falcão se canta:

“Quero chorar o seu choro
Quero sorrir seu sorriso
Valeu por você existir amigo”

E fica mais do que claro que Djonga se amarra num pagode, quando ele cita o sucesso do grupo Swing & Simpatia em “1010“.

“Toda noite eu saio à sua procura
Saia sua procura, perigo”

Já o refrão do grupo d pagode diz:

“Toda noite eu saio a sua procura 
Toda noite eu faço a mesma loucura”

Numa das minhas faixas favoritas, “Solto“, Djonga cita o grande Martinho da Vila em um dos seus maiores sucessos, “Mulheres“.

“Já tive mulheres de todas as cores
Te traí, mas sempre levei flores”

Só que na versão original de Martinho, ele não leva flores depois de trair…

“Já tive mulheres de todas as cores
De várias idades de muitos amores
Com umas até certo tempo fiquei
Pra outras apenas um pouco me dei”

 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.