Rappers que homenagearam seus filhos com belas músicas

0

E já se passou um mês desde que “O Menino que Queria Ser Deus” foi lançado. O álbum vem tendo excelentes críticas, muito bem elogiado.

Entre as faixas que mais gostei está “Canção Pro Meu Filho“. Esse som me emocionou, tenho escutado no repeat praticamente todos os dias desde que o disco saiu. Pensando nisso, acebei me recordando outras músicas onde os MC’s homenageiam seus filhos.

The Game – Like Father, Like Son

Em 2005 The Game lançou seu álbum de estre, “The Documentary“, produzido por Dr Dre e 50 Cent. Na faixa com Busta Rhymes cantando o refrão, Game conversa com seu filho assim como Djonga conversou com Jorge.

“Eu espero que você cresça para se tornar tudo o que você pode ser
Isso é tudo que eu queria para você jovem, como o pai, como o filho
Mas no final eu espero que você só seja melhor que eu. Eu espero que você saiba que eu te amo jovem, como o pai, como o filho. Meu homenzinho, seu dia está chegando, chegando, seu dia está chegando, eu te digo. E quando chegar, apenas continue correndo, correndo, apenas continue correndo, eu te digo”

Will Smith – Just The Two Of Us

Em 1997, Will lançou o premiado álbum “Big Willie Style“. E a faixa “Just the two of us” é uma linda homenagem ao seu primeiro filho, Trey Smith, de seu primeiro casamento. A música foi premiada com um MTV Video Music Award: Melhor Clipe Masculino.

Cinco anos, trazendo alegria. Toda vez que olho pra você eu penso, um pequeno eu, igual a mim. Espera e veja vai ser alto. Me faz rir porque você tem até as orelhas do seu pai. Às vezes eu penso no que você vai ser, um general, um medico, talvez um MC”

Lauryn Hill – To Zion

Essa música é um hino! A letra é pura poesia para o primeiro de 6 filhos de Lauryn Hill. Os solos de guitarra de Carlos Santana contribuíram para a grandeza da música que compõe o primeiro, e até agora único, álbum solo da artista, “The Miseducation of Lauryn Hill“.

Incerta do que a balança mostrava. Eu toquei meu ventre estupefata. Com o que eu tinha sido escolhida para representar. Mas então um anjo veio um dia. Pediu-me para me ajoelhar e rezar. Pois dentro de mim um homenzinho nasceria. Infortúnio, essa circunstância louca. Eu sabia que a vida dele merecia uma chance. Agora a felicidade do meu mundo está em Zion. Como se nada fosse mais belo

Nas – Me & You (Dedicated to Destiny) / Daughters

No álbum duplo de Nas lançado em 2004, “Street’s Disciple“, a música “Me & You (Dedicated to Destiny)” é, como o nome já diz, dedicada a Destiny, a primogênita de Nasir Jones. Uma declaração de amor e cuidado.

Por favor, ouça o que o papai te disse. Eu sei que você acha que eu sou da velha escola. Você verá que eu estava certo em breve. Um dia, você encontrará o noivo certo. E então, você verá sua vida florescer. E então você saberá o que é certo para você (se eu tivesse tudo)

Já em “Daughters“, do seu último álbum lançado, “Life is Good“, a ideia de amor e cuidado ainda é presente. Porém de forma mais adulta e direta.

“Não pense que sou lento, sei que já fumou. Você tem 17 anos e isso me incomoda. Ela me olhou e pensou que não sou a melhor figura paternal. Mas ela consegue viver com isso. Não estou tentando estragar sua vida. Só quero te ver sonhar. Finalmente entendo. Não é fácil criar uma filha como pai solteiro. Não é a mesma forma como uma mãe se sente pelos filhos. Como os pais se sentem pelas filhas. Quando ele namora, aprende com o próprio pai. Quando ela namora, esperamos atrás da porta com uma espingarda. Porque achamos que ninguém é bom o suficiente para elas”

Eminem – Mockingbird

Assim como Nas, Eminem também emocionou a todas em 2004 quando faz a música “Mockingbird” para sua filha Hailie. Nesse som que compõe o álbum “Encore“, Eminem relata a relação conturbada com a mãe da filha e promete ser mais presente.

Agora fique quietinha bebezinha, não chore. Tudo vai ficar bem. Fica calma, eu te disse minha linda. Papai está aqui para te segurar pela noite inteira. Eu sei que a mamãe não está aqui agora e não sabemos por quê. nós temos medo de como nos sentimos por dentro. Pode parecer um pouco louco, bebezinha linda, mas eu prometo, mamãe vai ficar bem”

Jay Z – Glory

Quando Beyoncé deu a luz a Blue Ivy em 2012, Jay Z fez uma das suas mais belas músicas, “Glory“. Foi lançado apenas dois dias depois da menina nascer. Produzida por The Neptunes, os vocais de fundo são de Pharrell Williams, a música começa com o primeiro batimento cardíaco de Blue e inclui os primeiros choros de Blue. Jay conseguiu relatar a experiência e a felicidade de se tornar pai pela primeira vez.

“Sinto o sentimento mais maravilhoso, as palavras não descrevem. O que estou sentido, de verdade (oh, glória). Querida, vou pintar o céu de azul. Minha melhor criação foi você, você, Glória, Oh, glória”

Emicida – Novo Nego Véio

Essa música do Emicida vai como menção honrosa

Comentários
Carregando...