O rap em lançamentos, histórias, notícias, downloads

Café Com Rap: Até Que Enfim Gugu Parte 1

0

Eu queria falar um pouco mais sobre o CD “Até Que Enfim Gugu!”, pra mim tá no top 5 melhores discos do ano, e por vários meses foi pra mim o melhor lançamento do ano até a chegada de “Caro Vapor – Vida e Veneno” de Don L. Esse Café Com Rap vai ser a primeira parte de duas de um assunto que aborda por completo essa Mixtape do Marcello Gugu, a primeira parte vai ser pra falar o que me impactou nesse CD, desde a arte, até a poesia tocante da introdução.

marcello gugu aligncenter

[ads1]O primeiro impacto que eu tive quando me falaram: “Mano, o Marcello Gugu lançou Mixtape, baixa aí”. Entrei no site oficial do Marcello Gugu e baixei, primeiro impacto que eu tive foi que o site tava muito bonito, com um layout extremamente básico porém com a informação mais importante estampada e escancarada pra todos que quisessem ver.

O segundo impacto que eu tive foi quando eu vi a capa do CD, que capa bonita, bem feita, bem trabalhada. Em uma terra (rap nacional) onde nos acostumamos com algumas capas medíocres, outras horríveis, quando vemos capas bem trabalhadas temos uma sensação de êxtase, o encarte por completo do CD do Gugu é uma obra de arte. Quando vemos uma capa boa, bonita, interessante, temos a necessidade de querer saber o conteúdo do CD, é algo meio que automático. “Até Que Enfim Gugu!” me fez querer ouvir as músicas só por causa da capa.

Terceiro Impacto que eu tive foi quando extraí o arquivo e apareceu a pasta no meu explorer, uma pasta subdivida em outras pastas, uma pasta pra letras, outra pra encartes, outra pra músicas bônus e a outra pras músicas do CD. Sim, além de tudo ele colocou mais 7 músicas bônus, somando com as 17 músicas do CD fez com que o total de músicas pulasse pra 24 faixas. Algo que me fez falta foi que ele disponibilizou as músicas com a qualidade em 192kbps, o ideal seria ele ter disponibilizado as músicas em 320kbps, por que faz uma diferença enorme pra quem entende um pouco mais de música ou pra quem tem bons fones de ouvido.

Quarto impacto que eu tive foi quando eu ouvi a introdução do CD, a introdução já me agrada por que começou no piano, pra mim o violino e o piano são os melhores instrumentos pra dar impacto e força a uma introdução. O ponto que mais me chamou atenção na introdução foi quando eu li começou a rimar e percebi que seria uma coisa um pouco mais falado, que a bateria não iria vir, com isso eu fui começando a prestar mais atenção na letra e fui percebendo que a letra era sensacional. O nome da introdução é Gil Scott Heron e é uma linda declaração de amor ao Hip Hop e quase que uma carta aberta a toda essas besteiras que muitos falam sobre o Rap e que antes de falarmos um monte de besteira que procuremos saber um pouco mais sobre.

Poderia inserir o quinto e o sexto impacto, mas vou deixar isso pra Parte 2, enquanto isso baixe o CD do Marcello Gugu e saiba o por que estou falando isso. Até semana que vem!

[su_button url=”small” link=”http://rapnacionaldownload.com.br/baixar/marcelo-gugu-ate-que-enfim-gugu/” target=”blank” ]Download do CD[/button]Twitter Marcelo GuguFacebook Marcelo Gugu

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.